quarta-feira, 26 de abril de 2017

Ele tem a pegada


Mas, não quer ser pego
Odeia rótulos e qualquer tipo de prisão
Seja na mente ou no corpo
Ele nasceu para voar
E não adianta fingir que não sabe disso
Pode se aconchegar no seu abraço
Pode provar do seu beijo
Quando precisar, suas lágrimas podem molhar a sua camisa
Ou seu gozo o chão do seu quarto
Ele vai estar aqui por você, para corrigir seu português e a vida
Vai te emprestar os livros mais preciosos e fazer coisas simples se tornarem eternas
Você pode até imaginá-los juntos, descobrindo todo este Mundo
Mas, não se esqueça que ele não é peça, não é pedaço, apesar de ser um mau caminho
Sabe que viver é a única coisa que pode fazer 
Não tente prendê-lo ele sabe mil e um maneiras de ser livre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário